16.10.13

[Tirou da Baú] Mortal Kombat - A Conquista


Publicado em: 16/01/2010
Atualizado em: 18/09/2014

Pois é caros leitores, o artigo de hoje é uma atualização do artigo sobre Mortal Kombat - A Conquista, meu primeiro texto da coluna Tirou do Baú. Como esse é um dos artigos mais lidos dessa seção, resolvi que era o momento de dar uma revisada no texto afim de melhorar a sua qualidade.

Se você já tinha lido este texto antes da atualização, recomendo que leia novamente. ;)


Ficha Técnica

Mortal Kombat - A Conquista (Mortal Kombat - Conquest, 1998 - 1999)
Ação | Aventura | Fantasia

Produção: Threshold Entertainment e New Line Television.
Temporadas: 1.
Episódios: 22.
Exibição original: TNT.
Exibição nacional: Wanner Channel e SBT.


Durante a década de 90, a franquia Mortal Kombat fez a cabeça dos gamers e a infelicidade da Liga das Senhoras Conservadoras dos Bons Costumes; por conta da sanguinolência e a violência presentes em seus combates. De olho na popularidade da marca, a New Line Cinema (responsável pela trilogia Senhor dos Anéis) produziu para o cinema dois longa metragens baseados na série: o bacana Mortal Kombat (Mortal Kombat, 1995) e o lixo radioativo Mortal Kombat - A Aniquilação (Mortal Kombat - Annihilation, 1997).

Além dos cinemas, outra mídia "abraçada" pela franquia foi a TV. Em 1996, o canal USA Network exibiu a animação Mortal Kombat: Defenders of the Realm, que por aqui foi exibida como um mero tapa buraco na programação da Record. O desenho animado teve apenas uma única temporada com 13 episódios e, do pouco que assisti, conseguia ser PIOR que o desenho americano do Street Fighter.

Com o fracasso da série animada, Mortal Kombat só voltaria as TVs dois anos depois, só que dessa vez em uma série em Live Action. Só que ao contrário dos filmes e da animação, Mortal Kombat - A Conquista (Mortal Kombat Conquest, 1998 - 1999) optou em seguir uma linha diferente de história, se passando muito tempo ANTES dos eventos vivenciados por Liu Kang e cia.

Kung Lao, o Guerreiro Lendário...ou não!

Kung Lao, o maior lutador já visto na face da Terra....depois de Liu Kang, Johnny Cage, Nightwolf....
Em uma geração anterior a de Liu Kang e seus amigos, afim de evitar a dominação da Terra pelas forças de Shao Kahn (Jeffrey Meek), o monge Kung Lao (Paolo Montalban que não, não é parente do Ricardo "KHAN" Montalban) enfrenta Shang Tsung (Bruce Locke) no duelo decisivo do Mortal Kombat. Como toda a luta de bem contra o mal que se preze, Shang Tsung inicialmente enfia a porrada em Kung Lao, nocauteando aparentemente o monge. Quando estava para aplicar um "Finish Him!" ordenado por Shao Kahn, Lao tem uma visão de Gen (Jennifer Renton), a sua namorada gostosa e semi-nua. Depois de umas palavras de motivação, o monge retorna ao páreo e vence o feiticeiro do MAL.

A derrota Shang Tsung acaba deixando Shao Kahn muito furioso. Além de perder a oportunidade de dominar o nosso planetinha, o Imperador de Outworld ainda viu Kung Lao contrariando o seu "Finish Him!" ao poupar a vida de seu lacraio. Decidido a ferrar foder com a vida do monge, Kahn ordena seus seguidores a destruição de Kung Lao e de qualquer pessoa relacionada a ele. A primeira vítima acaba sendo a namorada semi-nua do monge, morta por Scorpion (Chris Casamassa).

Durante sua jornada pela sobrevivência, o vencedor do Mortal Kombat contará com a "ajuda" do Deus do Trovão Raiden (Jeffrey Meek novamente, mostrando a preocupação da produção em economizar com elenco) e de seus novos companheiros: o ex-soldado bucha Siro (Daniel Bernhardt) e a ladra gostosa Taja (Kristanna Loken).

Ao longo da história, vários personagens dos jogos farão participações especiais, como Sub-Zero, Kitana, Mileena, Rain, Reiko, Noob Saibot, Reptile e Quan Chi.


Mortal Kombat Conquest - Menos Sangue, Mais Gostosas

O bucha, a gostosa e o inexpressivo.
Assim como os dois filmes e o desenho animado para TV, Mortal Kombat Conquest não possuía sangue jorrando aos litros e muito menos a violência galhofa que fez a franquia conhecida no mundo dos videogames. Voltado para o público adolescente, o programa era nada mais que um enlatado de artes marciais com os personagens dos jogos...e um monte de mulheres gostosas desfilando frente as câmeras.

Para se ter ideia, o elenco feminino parecia ter saído diretamente da Mansão da Playboy. Os episódios não chegavam a mostrar cenas de sexo ou nudez frontal, mas sempre rolava aquela coadjuvante com uma roupinha colada ou vestindo trajes mínimos. Acredito que a sensualidade foi uma forma dos produtores de compensar a falta de violência. E bem...quando eu assisti a MKC (tinha 13 anos), não via problema algum nisso hehehe.

Certamente irei apanhar de minha digníssima após esse comentário.

Os responsáveis pelo seriado conseguiram até criar uma explicação para que o seriado tivesse um elenco feminino bem representado. Parte das parcela das mulheres pertencia a uma espécie lendária de Outworld conhecida como Kreeyan que são lindas guerreiras amazonas que nascem em...colméias (o_O). A principal representante da raça é a princesa Vorpax, que ao longa da trama terá um affair com Shang Tsung. Além das Kreeyans, ainda existem as guerreiras comandadas por Quan Chi, que usam de sua beleza e a pouquissima roupa para destruir seus adversários e os corações dos espectadores.

"Muito bem querida, chegou a hora da minha massagem Tailandesa"
Sendo uma série baseada em um jogo de luta, é óbvio que não podia faltar porradaria. Todos os episódios sem nenhuma exceção apresentavam combates. Tanto que nas chamadas de intervalo de MKC sempre era mostrado um clipe com os "melhores momentos" das lutas realizadas até o momento. Em relação a artes marciais, o programa contava com representantes especialistas em Kung Fu, Wu shu, Karate, Judo, Take Kwon Do, Capoeira, Ninjitsu, Aikido e até mesmo Jeet Kune Do, o estilo criado pela lenda Bruce Lee antes de ser morto por Chuck Norris

Os episódios geralmente se intercalam em três momentos bem específicos: o momento em que Raiden aparece para dar o sermão (e depois sumir sem dar respostas, como manda a "cartilha Mestre dos Magos"), o momento em que as gostosas aparecem em tela e o momento da pancadaria. Falando em porrada, mesmo contando com profissionais em diversas artes marciais, a série contou com pouquíssimos combates memoráveis. O único combate que na época eu realmente havia gostado foi o clássico duelo entre Scorpion e Sub-Zero.

É óbvio que não dá para comparar o duelo dos ninjas em MKC com o realizado em Mortal Kombat Legacy. Por mais que o Legacy possua aspectos técnicos muito superiores aos de Conquest, dentro das limitações de produção, o combate entre os personagens foi o mais marcante de toda a série. Acredito que se série contasse com coreografias melhores e mais críveis (revendo algumas lutas no youtube, havia momentos em que era possível ver que o golpe NÃO acertava o oponente O__O), talvez os combates pudessem ser mais empolgantes.

"Fala galera, aqui é o Scorpion e hoje ensinarei vocês a como pegar uma mina do nível daquela ali."
Apesar do foco da trama ser o grupo de Kung Lao, os momentos mais interessantes aconteciam quando havia a participação de um personagem dos jogos no episódio. E não digo isso só pelo fato de sempre esperar a participação de um rosto conhecido, mas pelo fato dessas participações serem muito mais interessantes que os próprios heróis. Mesmo sendo um personagem dos jogos, o Kung Lao do seriado não passava confiança EM NENHUM momento que poderia dar conta dos inimigos que enfrentava.

E se o protagonista não passa segurança, o caso de seus companheiros era pior. O Siro passou a série inteira apanhando feito um condenado. Se fôssemos fazer uma lista dos personagens da cultura pop que mais apanham, ele estaria ao lado de Rocky Balboa e do Seiya de Pegaso. Só que ao contrário dos dois, ele só apanha e não reage no final. Já em relação a Taja, bem...ao menos os seus momentos de sensualidade compensavam.

Eu realmente vou apanhar da patroa por isso!

Como desempenhava um papel que não o permitia agir diretamente, Raiden aparecia apenas para tagarelar com os heróis nos momentos chave do episódio. O único momento em que o Deus do Trovão caiu na porrada foi no último episódio da série, quando encarou Shao Khan no mano a mano. Falando em vilões, com exceção de Shang Tsung (que fazia as vezes de vilão looser da história), todos eram figuras bastante interessantes, até porque a maioria dos personagens presentes nos jogos estavam nessa ala. Como destaque, cito o próprio Imperador Shao Kahn. Impiedoso, KHAANN não perdoa seus inimigos e muito menos aqueles que falham no cumprimento de uma ordem. As punições favoritas do vilão são a morte ou uma temporada eterna na prisão "mineradora-de-cobalto-do-mal" (onde Shang Tsung passou suas férias).

Outros personagens que fizeram participações muito bacanas no seriado foram Quan Chi, Scorpion e Sub-Zero. Enquanto o primeiro era um dos generais de Shao Kahn com um estilo de luta muito maneiro ao menos em minha memória, Scorpion e Sub-Zero roubavam a cena sempre que participavam do episódio.

Visual de Shao Kahn em MKC, muito mais respeitável do que isso.
Em relação ao visual dos personagens, alguns deles estiveram bem diferentes dos tradicionais. Kung Lao, por exemplo, usou um robe branco durante todo o seriado, com exceção no momento em que participou do MK, onde fez uso de um traje parecido com o original. Shang Tsung é outro a usar trajes diferente dos que utiliza nos jogos, adotando um visual semelhante ao de Cary-Hiroyuki Tagawa, que interpretou o personagem no primeiro filme. Outro que si inspirou no visual dos filmes foi o Raiden da série, que praticamente faz um cosplay do personagem de Christopher Lambert. Shao Kahn é outro que possui um visual totalmente diferente do original, mais ao menos, é um visual muito mais respeitável que a versão "orelhas de cachorro" do segundo filme.

Os cenários da série variavam bastante, ora sendo ambientes externos ora sendo em estúdios. A qualidade dos cenários em estúdios era outro ponto que variava muito, ora parecendo cenários retirados de um episódio de Xena ora parecendo cenários de um episódio do Chapolin Colorado. O cenário da luta em Scorpion e Sub-Zero, por exemplo, parece ter vindo dos estúdios da Televisa.

Mortal Kombat - A Conquista teve apenas vinte dois episódios produzidos de 40 minutos cada, fechando a história em uma única temporada. Graças ao cancelamento precoce, a série teve seu final no vigésimo segundo episódio, encerrando a história de uma forma surpreendente...ao menos na época.

O que acontece no final?

Isso vocês teram que descobrir sozinhos! ;D

Algumas Curiosidades
  • O SBT chegou a exibir no Cinema em Casa o filme da série de TV, onde na verdade era apenas os primeiros episódios editados para parecer um longa metragem. O canal do tio Silvio já chegou a fazer coisa parecida quando apresentou pela primeira vez o seriado Os Jovens Guerreiros Tatuados de Bervely Hills.
  • No elenco principal, o ator mais bem sucedido após o termino do seriado foi Kristanna Loken. Nos cinemas, o papel da vida de Kristanna foi como a exterminadora T-X em Exterminador do Futuro 3 - A Rebelião das Máquinas (Terminator 3: Rise of the Machines, 2003). Apesar de não ser grandes coisa, o papel de exterminadora é muito mais relevante do que o de protagonista em BloodRayne (BloodRayne, 2005), dirigido pelo inacreditável e surrador de críticos Uwe Boll.
  • Mas na moral, a maior conquista pessoa de Kristanna Loken foi com toda certeza dar uns pegas na Michelle Rodriguez.
  • Daniel Bernhardt substituiu Jean Claude Van Damme como protagonista da franquia O Grande Dragão Branco. Bernhardt protagonizou nada menos do que TRÊS continuações que em nada possuem de comum com o original. Outro papel de destaque do ator foi como o agente Whatever Johnson em Matrix Reloaded (The Matrix Reloaded, 2003).
  • Em inicio de carreira, a atriz Eva Mendes fez uma participação no décimo primeiro episódio, onde interpretava Hanna, uma ex-peguete do Siro.
  • Mortal Kombat - A Conquista foi a segunda vez que o ator e dublê Chris Casamassa interpretou Scorpion. A primeira aconteceu em 1995, no primeiro longa metragem da franquia.
  • Já o artista marcial J. J. Perry, que interpreta o Sub-Zero na série, participou do segundo e merdorrento filme da franquia, onde fazia dois personagens: Cyrax e Scorpion.

Aberturas e Episódios



Abertura do Seriado



Episódio 1 e 2 - Guerreiro Eterno (Dubladão)



Episódio 3 - A Fria Realidade (Dubladão)


------------------------------------
Enfim, este foi mais artigo da seção Tirou do Baú.

Gostaram do artigo? Desejam ajudar com alguma referência não citada, corrigir alguma informação equivocada ou simplesmente me xingar ?

A resposta para essas perguntas é simples: deixem um comentário nesta postagem.

Acredite, sua participação é o que move o Nerdologia Alternativaa continuar existindo! ;)

---------------------------------------------------
Quer ter uma imagem associada a seu comentário?
Clique aqui e veja como. \o/

Sugestões, críticas, elogios?
Envie para nerdologialternativa@gmail.com

Acompanhe nossas postagens via twitter: @NerdAlt
Ou através de nossa página no Facebook

31 comentários:

geovani disse...

lembro de ter assistido somente o filme e alguns episodios perdidos na sbt mas nunca vi o final

posta nos comentarios como spoiler marcel XP

CloudP4 disse...

Nossa, eu tenho o filme em VHS legendado aqui...

Marcel disse...

Nem a pau =P
A minha intenção é justamente deixa-los curiosos para ir atrás do seriado xD

Edu Aurrai disse...

ahhhhh Kristanna Loken... Pena que ela não gosta da coisa.

Mas então, nem lembro de ter visto essa série, o trauma com o segundo filme foi demais (e olha que eu vi essa merda no cinema) mas agora fiquei até curioso. Ah não, não quero ver não xD.

Cara, a luta do Sub x Scorpion ficou até bacana, mas aquele gancho... Acho que até a gente fazia melhor no PC de casa. Sem contar que eles continuaram aquela idéia idiota dos filmes que o tal gancho morde e sai de dentro da mão do cara.

Porra, conta o final aew Marcel!!

Abçs.

Marcel disse...

Ow Edu, parece que a Kristanna joga dos dois lados, logo isso não é de todo ruim \o/

E novamente digo: não irei contar o final xD

André disse...

Nhaaa, meu irmao insiste que eu já assisti essa série, ja eu nao lembro de porra nenhuma.
Na verdade, mal lembro de ter visto os filmes. xD

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Marcel disse...

Para o dono do comentário anterior: Olha, por mim não haveria problema nenhum em você dar o spoiler sobre o final da série...desde que você pelo menos tivesse se identificado.

Dá próxima vez poste com um perfil do blooger ou pelo menos use a opção nome/url (nada contra usar anônimo, mas se eu deixasse seu post...futuramente poderia haver problemas) ;)

E falando em spoiler, já que vocês querem tanto saber sobre o final, na parte final da postagem eu coloquei um link com o resumo do episódio final.

Façam bom proveito ;)

Glaucio Fillipe disse...

Eu baixei a série completa...É muito show.Bem melhor do que os dois filmes.O Shao Kahn é destruidor e não aquele bundão do segundo filme.
Os figurinos, poderes e golpes de cada personagem é igual ao jogo. Até o sector tem.Muito maneiro!!!
Só faltou o Kung Lao usar o figurino do jogo na série inteira, porque no epsodio 1 ficou muito igual.

Lavi disse...

Na questão de porrada e pá a série ficou muito bem produzida, pancadaria rápida mas nada muito exagerado e tosco, as mulheres *¬* ..jesus, o personagens também não deixaram a desejar a maioria ficou indêntica ao jogo, porém o final....er...pqp...deu um pouco de raiva, Shao Kahn deu uma Game Over geral no elenco... e Rayden se fudeu bonito e_e
enfim...

Shao Kahn MEGAOVERBRUTALITYFATALITYANIMALITYOVERPOWERLITY Wins.
x)

Ricardo disse...

Lembro de ter assisto quando passava no SBT, aos domingos, e adorava. rs
Eu era/sou fã de Mortal Kombat, e na época qualquer coisa relacionada ao tema me agradava. Criança é foda, né?

Alias, alguém lembra o ano exato em que a série foi exibida pela emisora do Silvio Santos?

Marcel disse...

Se não me engano, no SBT foi entre 2000 e 2001.
Em 1999, o seriado havia sido exibido pela Warner Channel :)

Ricardo disse...

Valeu, Marcel. :)

Bonsão Rei Dos Jogos disse...

demaisssssssssssssss

Bonsão Rei Dos Jogos disse...

a melhor luta foi a do kung lao versus shang sung e a segunda o kung lao versus quanchi e a a terceira de ciro versus rain e a quarta de reiden versus shao kan

Bonsão Rei Dos Jogos disse...

era o melhor seriado de tv

Samuellima23 disse...

SE O SBT VOLTASSE EXIBIR ESTE MORTAL KOMBAT KOMQUEST TERIA MUITO MAIS AUDIENCIA

Renata-rst disse...

eu assistir e do doida pra baixar so nao consigo to conseguindo 
e muito boa a serie 

kamikaze cladifh disse...

dessa serie só prestou a luta de scorpion e subzero o resto pode jogar no lixo, muito ruim essa serie.

Maximillion Peg disse...

Engraçado que o final de MK Conquest estava certo, de certa forma.



SPOILERS


No inicio do jogo MK9 mostra TODOS MORTOS e o Kahn tendo Raiden de joelhos aos seus pés e sendo morto. O imperador venceu. Toda a saga de jogos no final culminou com o triunfo de Kahn.
O Raiden avisar ao seu "eu do passado" que o imperador venceria é outra coisa, mas o final é que o Kahn venceu. se bobear akele ato do Raiden pode ter gerado uma linha do tempo alternativa.


Em MKC (Reza a lenda que aquele final era apenas um sonho),Khan vence matando a todos. A cena dele tirando os objetos pessoais de cada um, para mim, é epica. muito foda.


o que quero dizer é que o Kanh venceu nos games e na serie. o problema dele vencer na serie é que nao teria como ter a proxima geraçao com kang e cia.



é só uma curiosidade que eu achei.

Eliézer Souza disse...

Como que você baixou? Eu estou tentando e não consigo!!! me manda o link do site por favor!!! A série realmente é muito foda, sou um grande fã de A Conquista!!!

Eliézer Souza disse...

Eu achei que ninguém fosse prestar atenção nestes detalhes. Também achei extraordinária a cena Kanh tirando os objetos pessoais dos guerreiros que ele trucidou. Mas acho que deveria ter havido mais uns 20 episódios antes deste final fantástico, porque houve personagems que nem entraram em combate, como Rayco por exemplo. A série foi muito curta por ser boa de mais!!! Fui um grande fã da série!!!

Ivanilson Almeida de Souza disse...

terminei de assistir hoje. Eu gostei mas o final apressado ninguem merece....

Pedro disse...

Fantastico a série, no primeiro episodio ficou identico aos games: Shao Khan o imperador sentado no trono e depois dando Finish hin!!! e Shang tshung lutando com Kung Lao que ficou identico ao personagem do jogo!!!


A série desempenha o verdadeiro papel de Shao Khan, que é o poderoso imperador e é o persogem mais forte do game sendo o "Chefão" dos jogos.


Na série, assim como nos primeiros games da saga "MK" Shao Khan fica por trás da historia não aparecendo. Nos primeiros games MK os ultimos personagens que seriam os chefões eram Goro e Shang Tshung que as vezes era apresentado com um velho mago. E depois os fãs ficam sabendo que quem manda no pedaço mesmo é o Shao Khan que na série MK conquest tambem aparece invandindo a terra e aniquila todo mundo!!!....

Dyenes Lima Santos disse...

Gostaria de sa er se tem a dublagem dos episodio 13 pra frente

Marcel disse...

No youtube deve ter.
Dê uma olhada por lá.

bloody man disse...

MARCEL ME CONTE O FINAL SE NÃO QUISER QUE ALGUMA COISA ACONTECA COM VOCÊ OU COM SUA FAMILIA NESTE MOMENTO ESTOU TE RASTREANDO E TAMBÉM SEI ONDE VOCÊ MORA.

Marcel disse...

Se você der uma olhada nos comentários desta postagem, você verá que há alguns comentários sobre o final da série. ;)

Diego disse...

muittooooo mal feita a série, gente do céu as lutas os caras pareciam artistas de circo pulando que nem sapo pra lá e pra cá o cara levava um chute e tinha que dar um mortal por causa do chute rsrs, totalmente sem roteiro, vi a série toda e no final shaokan vence putz, nem mostra os 3 heróis lutando no final e aqueles encapuzados são invencíveis, pelo amor de Deus se eles fossem tudo isso mesmo era só colocar um deles no mortal kombat e pronto, me decepcionei muito com a série tem razão de não ter continuado, agora esta nova série que está passando essa sim é realmente bem feita, com lutas melhores e histórias melhores mortal kombat legacy, realmente outro nível, finalmente um ótimo representante para os games...

Dalmo Junior disse...

Se seriado tivesse imitado melhor Xena e hercules(que aparecia uns sangues e deuses lançando raios)poderia render mais, uma vez eu vai uma capa onde aparecia MK cruzada e não sei se e o filme ou episodio com Subzero.

Vinnie disse...

Achei essa série no YouTube nunca tinha visto falar antes, e olha que sou das antigas. Bom a conclusão que eu tiro é que é legal ver alguns personagens nela e tal, o trio principal é uma bosta esse Kung Lao é o antigo e não o "novo" que se encontra nos vídeo-games. O Final da série é péssimo achei horrível de muito mal gosto. Mas quem é fã de MK vale a pena ver ela. No YouTube tem completa com todos os episódios legendados. Dublado vai só até o 13.

Postar um comentário